quinta-feira, setembro 20, 2007

Malditos putos gordos!!

Agora que sou eu que trato das compras de supermercado dirigi-me há uns dias àquele mais próximo de minha casa. Vinho, cerveja, leite e cereais.

Detive-me um pouco na fila dos cereais a aperceber-me das novidades visto que há bastantes anos que não os comprava. Os Frosties da Kellogs sltaram-me logo à vista. Caixas e caixas e caixas destes flocos invadiam a despensa da nossa casa quando eu e o meu irmão erámos ainda garotos.

No fundo não passavam de simples corn flakes cobertos de açúcar! Muito açúcar para dar energia.

Peguei numa caixa sem pensar, já sentindo o açúcar a derreter-se na boca.

No dia seguinte, a desilusão!!!

"Agora com 1/3 do açúcar" atingia os meus olhos, o meu orgulho, as minhas memórias...

"o que é que isto quer dizer?" pensei, claramente em estado de negação.

Abri a caixa e não fosse o aviso teria achado que se tinham enganado e que efectivamente tinham posto corn flakes na caixa dos frosties.

Que porcaria! Ainda não voltei a passar por este pesadelo!

Em vez de estragarem estes míticos cereais porque é que não põem as criancinhas a comer special ks e muesli e deixam o açúcar para a gente crescida e delgada e que por alguma razão não engorda???

Teria muito mais lógica barrarem a entrada aos petizes nos macdonald's, kfcs e coisas que os valham!

1/3 do açúcar!!! Raios os partam!

sábado, maio 26, 2007

Publicidade de Verao

Como muitos sabem a publicidade adapta-se às estações do ano, às épocas festivas, às pessoas, etc.

É fundamental que assim seja para que seja eficaz.

Estou farto de anúncios ao emagrecimento e a milagres da depilação.

Eu preciso de engordar e estou contente com os meus pelos. Porque é que tenho de panhar com isto???

Antes isto que aquele reclames sobre pessoas constipadas a espirrar por tudo e por nada e a tossir enquanto dizem que mãe é que sabe porque dá xarope.

O mais escandaloso são os anuncios de um conhecido ISP que ora põe umas meninas na neve ora as põe numa praia a surfar. Como se a Teresinha e as amigas surfassem aquelas ondas...

Eu sou municipalista!

Há uns dias criticavam o presidente do PNR por ter dito numa entrevista que Lisboetas eram exclusivamente as pessoas que tinham nascido em Lisboa.

Por muitas criticas que este senhor mereça, e acredite-se, são muitas, esta não é uma delas.

Retorqui que efectivamente e no rigor técnico da palavra, lisboeta é quem nasceu na cidade de Lisboa.

Pode haver inúmeras pessoas que são lisboetas mas que tenham capacidade eleitoral para a Câmara de Lisboa, o que eu acho bem.

Não concordo, é com quem more no Seixal ou no Fogueteiro como um outro blogger, o Cagueiro, venha dar postas de pescada sobre Lisboa e vir dizer que Lisboa é a sua cidade...

Sou municipalista ao ponto de achar que só devem ser eleitos candidatos que sejam lisboetas.

Será mesmo um exagero?

Provavelmente é, mas para ser Presidente de um qualquer munícpio é absolutamente essencial que haja uma ligação imaterial com a cidade, é necessário que haja gosto e amor pela urbe que se governa.

E com isto termino, dizendo que as intercalares estão à porta e eu não sei em quem votar.

quarta-feira, março 14, 2007

Dizeres

Hoje, no ginásio, ouvi a seguinte pérola que resolvo desde já partilhar com o mundo.

Alguém no topo da sua sabedoria disse:
"olha, e tu... e tu tens de perceber que não é com pedras e paus que... bom... que... se apanham abelhinhas".


terça-feira, janeiro 30, 2007

Pi niu ye*

É inacreditável a quantidade de tempo que passou desde a última vez que aqui escrevi.

Ainda era 2006.
Ainda o blogspot.com era beta version.
Ainda não se falava acerrirramente sobre o abor.... errr... a interrupção voluntária da gravidez.
Ainda o Sócrates não tinha ido à China.
Ainda o Cavaco não tinha ido à India.
Ainda o Dias da Cunha não tinha sido ouvido.
Ainda não fazia frio.
Ainda não tinha nevado na Amadora este ano.
Ainda o Benfica estava bem colocado na terceira posição.

É óbvio que não me vou lembrar de todas as banalidades que se deram desde 30 de Outubro até 30 de Janeiro mas enfim...

*Não é chinês nem nenhum idioma desconhecido mas quer dizer Feliz Ano Novo.