terça-feira, setembro 08, 2009

Música + Curta = ?

Where do you go to (my lovely)? - Peter Sarstedt



Conheci esta música quando vi o filme Darjeeling Limited de Wes Anderson e cativou-me de imediato.

O filme é precedido por uma curta metragem do mesmo Wes Anderson que, de certa forma, é independente da longa-metragem mas simultaneamente faz-lhe um ligeiro prelúdio.

Chama-se Hotel Chevalier!





Retrata o reencontro de um ex-casal protagonizado por Jason Schwartzman no papel de Jack Whitman e Natalie Portman no papel de Ex-Girlfriend. (É gloriosa a escolha de Wes em não lhe dar um nome!). Mas é mais do que isso.

É o desespero de um face ao reencontro, é a total ausência de iniciativa dele de fazer alguma coisa, é o procastinar de levar a sua vida avante, é a ascendência que um ainda tem sobre o outro, é a procura da Ex por um porto de abrigo, algo que ela conhece e é seguro.

Ex Girlfriend - Have you slept with anyone?
Jason Whitman - No! Have you?
Ex - Girlfriend - ... ... no...
Jason Whitman - That was a long pause... Well, I guess it doesn't really matter.
Ex-Girlfriend - No, it doesn't!!

Ao longo da curta, ouvimos esta música através de um ipod ligado a umas colunas no quarto de hotel homónimo onde tudo se desenrola. Vê-se Jack a preparar o ínicio da música para a chegada exacta da Ex.

Ela é fria, dominante, sensual, muito feminina, as nódoas negras no corpo relevam uma tendência para relações perigosas. A Ex tem, sobretudo, o efeito de ter os homens aos seus pés, no fundo, uma coquette.

De certa forma é como se o argumentista, o mesmo Wes Anderson, encaixou a Ex na descrição de Peter Sarstedt da femme fatale da sua música.

Mais uma vez, a visão desfuncional de Wes Anderson das relações e da família leva-nos para um desconcertante momento de pura beleza!

Sem comentários: